quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Urgente - Luís Manuel Matos Pinto

Caros amigos e leitores deste blogue, quero deixar um post que apesar de não ser sobre nenhum tema científico faz todo o sentido ser divulgado aqui. Trata-se da notícia do desaparecimento de um aluno meu. Peço a todos que divulguem o mais que puderem esta mensagem.

















O Natal da família Pinto ficou marcado pela angústia, após o desaparecimento do filho único. Luís Manuel Matos Pinto, de 18 anos, saiu de casa, no lugar de Mirão, em São Tomé de Covelas, no concelho de Baião, ao início da tarde do passado domingo e não voltou a aparecer. As autoridades investigam.
Até agora, todos os cenários estão em aberto. Uma equipa cinotécnica da GNR de Penafiel e a Polícia Marítima da Régua fizeram buscas anteontem, mas não encontraram qualquer indício de acidente.
"Estivemos os dois cá fora, no fim do almoço, a conversar na brincadeira. Entretanto, ele recebeu uma chamada e eu tive de sair", contou, transtornado, Manuel Dinis, pai do jovem. Quando terminou o telefonema, cuja origem é desconhecida, Luís terá perguntado à mãe pelo pai e saiu da casa, sem levar dinheiro, documentos nem telemóvel. Vestia um quispo preto, calças de ganga e sapatilhas brancas.
"Não chegou a vir ter comigo", lamentou, inconsolável, o pai, que não percebe o que poderá ter acontecido.
Antes de sair, o jovem, estudante de Medicina Dentária na Universidade do Porto, terá ainda apagado tudo o que estava registado na memória do telemóvel e também na do computador.
"É um rapaz pacífico. Desconhecemos que tivesse inimigos e não notámos alterações no comportamento", garantiu Manuel Dinis. O pai apelou, pesaroso, para que se alguém souber do seu paradeiro que os avise.
O caso deverá ficar entregue à Polícia Judiciária.

2 comentários:

  1. SVP, coordonnées police en charge du dossier avec N° de tél.

    Fondation pour la recherche d'enfants disparus
    CH

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Merci pour le commentaire. La police est déjà sur l'affaire.

      Eliminar